Turnê Novíssimos Baianos passa por Feira de Santana



Tomando como exemplo as turnês já realizadas pelo Circuito Fora do Eixo, estas que tiveram recordes de público e de estados que as receberam, em dezembro saem pelo Nordeste duas bandas que são consideradas as promessas de 2011 para a Bahia e para toda a América Latina. Uma advinda da capital Salvador e a outra da suíça baiana, Vitória da Conquista. Maglore e Os Barcos, respectivamente, lançam-se na estrada para realizar uma série de apresentações que passarão por boa parte dos estados nordestinos com a turnê Novíssimos Baianos.
O nome “Novíssimos Baianos” vem do jornalista Luciano Matos, do site El Cabong, de Salvador, que colocou Os Barcos e a Maglore no rol de artistas que ocuparão o lugar de uma famosa banda já extinta, os Novos Baianos. Elas fazem parte da atual safra de músicos que se desponta como a promessa da música do nosso estado, do nosso país.
Os Novíssimos Baianos começam a turnê em Vitória da Conquista, no dia 2, e sobe passando por Feira de Santana, Salvador e Camaçari, ainda na Bahia. Depois, saem do estado e seguem para a capital sergipana e sobe mais um pouco para fazer dois shows em Recife, duas na Paraíba e finaliza com o show no Rio Grande do Norte, em Natal, no dia 12 de dezembro.
Formada em 2009, em Salvador, a Maglore, propõe a sinestesia musical entre cores e sons, trazendo elementos musicais de vários cantos do mundo. A banda mescla a espontaneidade da música popular brasileira com a classe do rock britânico, aliados a letras sinceras. O resultado disso é um rock tropical.
A Maglore começou a sua bem-sucedida carreira com Cores do Vento, seu primeiro EP e disparou tocando em vários eventos como o Festival FUN MUSIC (SP) e o Desafio das Bandas (BA). A banda também venceu o iBahia Garage Band, através de votação popular, que rendeu uma apresentação no Festival de Verão Salvador 2010. Nery Castro, Teago Oliveira, Leo Brandão e Igor Andrade formam a Maglore que produz um som que contagia a todos, de várias tribos, com a mesma intensidade.
Ao lado dos soteropolitanos, apresenta-se Os Barcos. Fundada em 2008, com integrantes de Poções e Vitória da Conquista, ambas cidades baianas, a banda produz um som de alta qualidade, com letras e melodias gostosas de ouvir, o que fez com que sua música fosse reconhecida em todo o estado. O nome da banda é em alusão há um escrito de Fernando Pessoa que diz que: “Navegar é Preciso; Viver não é preciso”, no qual o autor escreve que viver não é necessário; o que é necessário é criar. Sendo assim, entende-se cada componente como um barco em meio ao caos, navegando em busca de um anti-adoecimento, uma espécie de movimento poético de linhas de fuga.
Marx, Netinho, Ivan e Fernando acabaram de gravar o primeiro CD d´Os Barcos de forma independente, e sofre influências de diversas vertentes musicais, entre elas, o Rock e o Jazz, além das mais variados formatos artísticos. A galera já aportou em grandes festivais como o de Inverno da Bahia, o Conexão Vivo e o Conexão Vivo na Sala do Coro.
As turnês do Fora do Eixo tiveram início no ano de 2009 e durante todo o ano e no ano seguinte, firmou-se como uma forma alternativa de circulação de bandas que envolve não somente as bandas participantes em si, mas também, casas de shows, produtores, comunicadores e toda a Rede Fora do Eixo.

Datas do show:
02/12 – Vitória da Conquista (BA)
03/12 – Feira de Santana (BA)
04/12 – Salvador (BA)
05/12 – Camaçari (BA)
06/12 – Aracaju (SE)
08/12 – Recife (PE)
09/12 – Recife (PE)
10/12 – João Pessoa (PB)
11/12 – Campina Grande (PB)
12/12 – Natal (RN)

0 comentários:

Postar um comentário